Pular para o conteúdo principal

A day at the SPA!

Meus queridos leitores!!

Novamente, peço muuuuitas desculpas por não escrever antes! Nunca passou pela minha cabeça parar de escrever no blog, mas esses meses tão tensos, e estou assumindo novas, ahem, "responsabilidades" que me impedem de passar tanto tempo na frente do computador. Outro dia um cara veio me pedir direções no metrô, o que significa que eu já sou praticamente uma local... o melhor de tudo é que sim, eu soube ajudar ele, há!

Porém, estou aqui para contar um dos finais de semanas mais surreais que tive desde que cheguei aqui. Não aconteceu nada de super estranho, mas foi mais uma experiência, digamos, interessante. Como o titulo já diz, eu e alguns outros trainees resolvemos passar o final de semana num Spa na cidade de Shenzhen, aqui do lado de Hong Kong. A idéia era conhecer um pouco mais da cidade (que é gigante e tem mais de 10 milhões de habitantes - bota São Paulo no chinelo, hehehe). Assim, resolvemos conhecer o parque "Windows of the World", e a tarde iriamos para o tão aguardado spa.

Chegando lá, ainda na imigração, a primeira prova de que estávamos realmente chegando na China:



Depois de passar por esse povão, e mais algumas estações de metrô, chegamos no Windows of the World, que é basicamente um parque de miniaturas. Tirando a foto do angulo certo, dá até pra acreditar que você está no país... ou não. Vejam algumas fotos:


A Torre Eiffel! Esta dá pra enganar, vai?


Eu tomando um solzinho no Palácio de Versalhes! :)


E tem até Brasília! Nunca fui pra lá, mas pelo menos na televisão a cidade não parece tão mofada... :P

Enfim, o parque era bem bizarro, mas deu pra tirar umas fotos engraçadas e dar umas risadas. Mas a grande atração era mesmo o spa, ainda mais depois de ficar o dia inteiro andando no sol quente. E finalmente... chegamos:


Por fora o prédio era muito esquisito (dá pra ver um pouco na foto: não tem janela e tem um monte de estrelinhas). Infelizmente não era permitido tirar fotos do lado de dentro, e no google também não encontrei nada. Mas a melhor descrição para a decoração desse spa é uma mistura de cassino, hotel, avião e festa de carnaval: tapetes luxuosos, cadeiras confortáveis tudo meio rosa e dourado, me senti dentro de um filme, ou um videogame.

E aí é isso, voce guarda suas coisas num armario e pronto! Quer tomar banho? Tá tudo lá: shampoo, sabonete, toalhas... Escovar os dentes? Pasta, escova... nem roupas você precisa! Eles te dão um pijaminha (muito feio, mas quem se importa), e daí você fica pra lá e pra cá, conversando com seus amigos, comendo frutas, e fazendo massagens obviamente! :D

E se você está num grupo de 6 pessoas e todos querem fazer massagem no pé? Não tem problema, lá vem 6 chinesinhas simpáticas que fazer qualquer dor que você possa ter tido no pé na sua vida simplesmente desaparecer, incrível!!!! E como já estava meio tarde, resolvemos sair pra balada e quando voltamos... eu fiz outra massagem... as 3 da manhã! Haha, foi muito engraçado, juro que na minha vida nunca imaginei que existissem lugares como esses. E que aparentemente são bem comuns na China! Definitivamente ainda vou voltar pra lá muitas vezes (nem que eu tenha que fazer mimica, já que lá absolutamente ninguem falava inglês)!

É, eu to gostando cada vez mais desse lugar....

Comentários

  1. Pelo que eu soube, essa gostança toda não é só por causa do SPA, não!
    HAHAHA!!

    B-jos, com tracinhos e com saudades!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10: comida de rua de Hong Kong

Se tem uma coisa que o povo aqui de Hong Kong adora é comer fora! Porém, com um estilo de vida tão atarefado, familias normalmente pequenas e apartamentos ainda menores, poucas pessoas tem tempo e disposição para cozinhar em casa. Além disso, Hong Kong oferece uma variedade enorme de opções gastronômicas para todos os gostos e bolsos, então normalmente é bem fácil encontrar restaurantes para matar a fome depois de um longo dia de trabalho.
Mas quando você quer comer algo rápido, o que você faz? Vai na padoca, pede um pão de queijo com pingado e segue com sua vida? A resposta (obviamente) é não. Mas quando falamos de lanches e comida de rua, Hong Kong oferece uma infinidade de opções que vale a pena provar! Algumas comidinhas são apenas para os mais corajosos, como vocês vão ver na lista abaixo, mas HK tem coisas deliciosas que já fazem parte do meu cardápio, haha!


Como curiosidade, listo abaixo 10 comidas de rua super interessantes de Hong Kong (em ordem aleatória). Importante mencio…

Como conseguir um visto de trabalho em Hong Kong (parte 1)

Eu já falei sobre isso em um post anterior, mas vira e mexe aparece a pergunta no grupo de brasileiros em Hong Kong no Facebook: como conseguir um visto de trabalho em Hong Kong? Por isso resolvi falar mais sobre como obter o tão sonhado visto de trabalho (uma vez que você receba uma proposta de emprego de uma empresa local).

No meu caso, por exemplo, eu tive que ir na cara e na coragem, já que depois de receber a proposta para trabalhar na ONG eu percebi que: 1) o escritório tinha apenas 10 funcionários na época e o RH era novo, e 2) como eu suspeitava, o cara do RH não fazia a menor idéia de como processar um visto de trabalho. Aliás, quando eu finalmente comecei a trabalhar, ele já tinha até se demitido, então vai vendo o nível...
Hong Kong é um lugar com ótimas ofertas de trabalho para profissionais qualificados. Porém, muitas empresas que nunca tiveram experiência com o processo do visto ficam meio desmotivadas em contratar estrangeiros e ter que cumprir os requisitos exigidos pe…

Viver em Hong Kong - O guia!

Estou de volta!
Aliás, nunca abandonei este meu belo blog, mas vários motivos de força maior me impediram de escrever nos últimos 6 meses, incluíndo preguiça e outras coisas mais importantes, como formatura, viagens, e até uma mudança de emprego! Mas sempre estive aqui, na boa e velha Hong Kong...
Nesses meses recebi vários emails de brasileiros que tem interesse de morar em Hong Kong e saber mais sobre a vida aqui. Para unir o útil ao agradável, resolvi dar uma ajuda e reunir algumas informações bem úteis para quem está interessado em vir passar uma(s) temporada(s) aqui.
Regra número 1 - Hong Kong não é China!
Eu já falei isso várias vezes aqui no blog, mas viver em HK é totalmente diferente de morar na China. Um exemplo: brasileiros podem vir pra HK a turismo sem precisar de visto e ficar aqui até 90 dias. Já para a China, brasileiros precisam sim de visto! Me empolguei e até fiz uma tabela com as diferenças mais marcantes entre HK e China:
Hong KongChinaPreciso de visto?NãoSimIdio…