Pular para o conteúdo principal

Saindo da cidade grande

Como eu falei na semana passada, uma das grandes novidades é que eu me mudei! Já não estou mais morando em Price Edward, como eu mencionei aqui e em outros posts posteriores. Foram 2 ótimos anos, morando pertinho do metrô, supermercado, farmácia, padaria, lavanderia e 7-11, haha! Com certeza eu vou sentir falta da "mansão", de comprar um chocolate e ir pra casa passar a noite vendo seriados... E principalmente dos meus companheiros de apartamento, o Javier (mas tudo bem porque nos vemos todo dia no trabalho) e a Melis (apesar de ela passar boa parte do tempo na casa do namorado).

A razão pela qual eu estou me mudando não vem ao caso neste momento, mas será explicada em breve. ;) Em agosto ou setembro eu vou me mudar para o bairro de Tsim Sha Tsui, mas pelos próximos 2 meses estarei morando em LOHAS Park!

No mapa, da pra ver que o $ é onde eu trabalho; a cama (um pouco acima) é Prince Edward; e a casa, do outro lado do mapa é LOHAS Park. Eu levo uma hora pra chegar no trabalho...

Para vocês entenderem: aqui em Hong Kong, com tanta gente e tão pouco espaço, o melhor investimento que você pode fazer é comprar e vender apartamentos. Isto é, se você tiver dinheiro, porque eles são extremamente caros! Para ter uma idéia, nos últimos 5 anos, os preços no mercado imobiliário de HK subiram em média 93,7%!!! E isso faz com que os aluguéis também sejam extremamente caros, ferrando a vida dos estrangeiros pobres como eu.

Geralmente, assuntos relacionados a moradia causam grandes preocupações no governo daqui, que sempre está buscando alternativas para obter mais "espaços habitacionais". Alias, é por isso que Hong Kong é a cidade com mais prédios do mundo. Nada melhor do que prédios altíssimos para empilhar a maior quantidade de gente possível, andar sob andar.

E assim chego a LOHAS Park, um dos mais novos empreendimentos imobiliários de Hong Kong. O conceito do projeto é promover um "estilo de vida saudável e sustentável". E com isso eles querem dizer um lugar mais afastado da cidade e perto da natureza. É basicamente um condomínio construído ao redor da estação de MTR.

Sim, é um lugar mais afastado do barulho e poluição da cidade, rodeado pelo mar e por belas montanhas. Mas, como eu falei, aqui se tenta aproximar ao máximo o espaço, e LOHAS Park acaba sendo tudo menos um lugar 'na natureza': quando o projeto estiver completo (em 2015), serão 50 prédios, como uma média de 60 andares cada! Calculando, isso dá mais ou menos 21.500 apartamentos e se estima que no total serão 58 mil pessoas morando lá! Isso é mais que muitas cidades inteiras no Brasil!

Haha, nada como apreciar a natureza do alto do seu apartamento no 60o. andar! Mais precisamente, estou morando no andar 58. O condomínio é novinho, bonito, com academia, piscina, cinema particular e até karaokê! O apartamento é grande e confortável, apesar de que agora estou levando 1 hora para chegar até o trabalho, no MTR lotado... mas ainda assim, posso dizer que estou morando fora da cidade, haha!

A vista da janela do apartamento. Dá até para ver o mar lá no fundo!

Comentários

  1. Olá, descobri seu blog enquanto estava pesquisando mais sobre a cidade de Hong Kong, lendo seus posts anteriores acabem gostando mais ainda dessa cosmopolita cidade que pretendo no futuro próximo me aventurar também, parabéns pelo blog (q irei acompanhar) e pelo seu novo apartamento;D continue com seus ótimos posts!

    ResponderExcluir
  2. Olá Júlia, sou Portuguesa e vou fazer uma viagem pela Ásia no próximo mês, podes me aconselhar um sitio barato para ficar duas noites com o meu namorado em Hong kong? Obrigada, Carla

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10: comida de rua de Hong Kong

Se tem uma coisa que o povo aqui de Hong Kong adora é comer fora! Porém, com um estilo de vida tão atarefado, familias normalmente pequenas e apartamentos ainda menores, poucas pessoas tem tempo e disposição para cozinhar em casa. Além disso, Hong Kong oferece uma variedade enorme de opções gastronômicas para todos os gostos e bolsos, então normalmente é bem fácil encontrar restaurantes para matar a fome depois de um longo dia de trabalho.
Mas quando você quer comer algo rápido, o que você faz? Vai na padoca, pede um pão de queijo com pingado e segue com sua vida? A resposta (obviamente) é não. Mas quando falamos de lanches e comida de rua, Hong Kong oferece uma infinidade de opções que vale a pena provar! Algumas comidinhas são apenas para os mais corajosos, como vocês vão ver na lista abaixo, mas HK tem coisas deliciosas que já fazem parte do meu cardápio, haha!


Como curiosidade, listo abaixo 10 comidas de rua super interessantes de Hong Kong (em ordem aleatória). Importante mencio…

Como conseguir um visto de trabalho em Hong Kong (parte 1)

Eu já falei sobre isso em um post anterior, mas vira e mexe aparece a pergunta no grupo de brasileiros em Hong Kong no Facebook: como conseguir um visto de trabalho em Hong Kong? Por isso resolvi falar mais sobre como obter o tão sonhado visto de trabalho (uma vez que você receba uma proposta de emprego de uma empresa local).

No meu caso, por exemplo, eu tive que ir na cara e na coragem, já que depois de receber a proposta para trabalhar na ONG eu percebi que: 1) o escritório tinha apenas 10 funcionários na época e o RH era novo, e 2) como eu suspeitava, o cara do RH não fazia a menor idéia de como processar um visto de trabalho. Aliás, quando eu finalmente comecei a trabalhar, ele já tinha até se demitido, então vai vendo o nível...
Hong Kong é um lugar com ótimas ofertas de trabalho para profissionais qualificados. Porém, muitas empresas que nunca tiveram experiência com o processo do visto ficam meio desmotivadas em contratar estrangeiros e ter que cumprir os requisitos exigidos pe…

Viver em Hong Kong - O guia!

Estou de volta!
Aliás, nunca abandonei este meu belo blog, mas vários motivos de força maior me impediram de escrever nos últimos 6 meses, incluíndo preguiça e outras coisas mais importantes, como formatura, viagens, e até uma mudança de emprego! Mas sempre estive aqui, na boa e velha Hong Kong...
Nesses meses recebi vários emails de brasileiros que tem interesse de morar em Hong Kong e saber mais sobre a vida aqui. Para unir o útil ao agradável, resolvi dar uma ajuda e reunir algumas informações bem úteis para quem está interessado em vir passar uma(s) temporada(s) aqui.
Regra número 1 - Hong Kong não é China!
Eu já falei isso várias vezes aqui no blog, mas viver em HK é totalmente diferente de morar na China. Um exemplo: brasileiros podem vir pra HK a turismo sem precisar de visto e ficar aqui até 90 dias. Já para a China, brasileiros precisam sim de visto! Me empolguei e até fiz uma tabela com as diferenças mais marcantes entre HK e China:
Hong KongChinaPreciso de visto?NãoSimIdio…